A humanidade que encontrei na Europa

Nenhuma reuniao com meu orientador aqui comeca sem um “Como voce esta? Como esta a vida? Tudo bem?” E ai quando falo que algo nao esta bom, ele se desdobra para tentar encontrar solucoes. E quando eu falo algo de bom que esta acontecendo, ele sorri.

E isso nao e um caso isolado. Com a maioria das pessoas que converso e a mesma coisa. Eles tem de fato uma preocupacao com seu bem-estar.

Ontem aconteceu outra coisa interessante. Encontrei uma professora daqui no elevador. Era umas 18:30h. Ai eu comentei com ela que eu estava indo em casa mas que iria voltar. E ela prontamente: “Ta com algum prazo ne?”. E eu “Sim.”. Ela “Ok. Para quando e?” Ai eu falei “Para amanha.” E ela “Good luck”. O que eu fiquei abismada foi com a naturalidade dela. Obviamente ela sabia que eu so estava ficando ate mais tarde porque precisava. Nao houve julgamentos. Nao me senti sendo olhada com desvalorizacao.

Meu sentimento e que aqui as pessoas nao esperam que voce seja um super heroi. Esperam que voce faca seu trabalho sim. Mas respeitam seus problemas. Suas limitacoes. Sua humanidade.

Hoje, pedi para a Diones remarcar uma reuniao com uma professora porque eu nao estava me sentindo segura. E ela “Nao se exija demais. Voce esta indo bem. Se nao estivesse, Igor nao aprovaria a reuniao. Fique tranquila”. E eu?? 0.o

…Ca-ra-leo.

Obrigada cosmos por estar vivendo isso. Esta mudando minha referencia de como tratar a mim mesma e aas outras pessoas. Eu posso ter falhas. E as pessoas que estao ao meu redor so querem me ajudar.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s